Maneiras de desmotivar um profissional de TI

  • Crie equipes com apenas um funcinário.
  • Não dê treinamento para funcionários ou equipes sobre o projeto a ser realizado.
  • Atribua um projeto para uma equipe resolver em um curto prazo.
  • Enquanto a equipe está focada no projeto anterior, dê novas atividades para serem realizadas.
  • Atribua funções diferentes para o qual o funcionário foi contratado.
    • Ex.: Faça um tester cuidar da infraestrutura.
  • Superior que não tenha educação para falar com seus suborninados.
  • Superior que fala mal do funcionário em frente aos demais colegas.
  • Disponibilize computador com poucos recursos para o funcionário trabalhar, aqueles que ficam travando toda hora.
  • Solicite ao funcionário trabalhar conectado à internet, mas disponibilize uma conexão que cai toda hora.
  • Peça para o funcionário trabalhar in-loco, mas na sala não pode ligar as luzes e ar condicinoado pois pode cair a luz.
  • Crie equipes ‘ensaboadoras’, aquelas que nunca são responsáveis por algum projeto, o famoso “não é comigo”.
  • Crie a cultura do funcionário ter que se virar, não ensine como fazer algo.
  • Crie equipes responsáveis por cada área da empresa separadas em cada cidade, estado ou região do país. Só para ficar mais fácil a falta de comunicação.

A arte da escalabilidade

Há muitas luas atrás quando comecei a ir atrás de literaturas para aumentar a escalabilidade do meu software eu encontrei algumas citações ao livro The Art of Scalability: Scalable Web Architecture, Processes, and Organizations for the Modern Enterprise (ISBN-10: 0134032802, ISBN-13: 978-0134032801).

Comprei ele recentemente e estou lendo por pelo menos meia hora por dia.
Estou gostando muito desse livro, pois ele não se concentra apenas no quesito de escablabilidade de hardware/software mas em toda empresa.
No início do primeiro capítulo os autores escreveram as seguintes frases:

“As pessoas projetam, codificam e configuram os sistemas que executam nossos produtos e são os únicos responsáveis por quaisquer defeitos de design, código ou configuração. Somente as pessoas são responsáveis pelas arquiteturas de produtos que processam com sucesso volumes inacreditáveis de transação ou falham miseravelmente.”

“As pessoas não são simplesmente importantes para a escalabilidade, elas são a peça mais importante se você espera escalar um produto.”

Continue lendo “A arte da escalabilidade”

Exibir partições ocultas no Windows

Poucas vezes utilizei equipamentos da Dell, semana passada recebi um notebook para trablhar e para minha surpresa ele veio com o Windows 10 instalado em uma partição de 60 GB, pensei que fosse um HD híbrido para acelerar a inicialização do Windows. Porém quando eu abri o gerenciador de disco descobri que o HD era de 120 GB e havia várias partições ocultas (winretools, image, dell suport, etc.)

Para poder ter mais espaço em disco vou exibir as partições, fazer backup dos arquivos e excluir essas partições.

Continue lendo “Exibir partições ocultas no Windows”

Descobrir a chave de acesso do windows

Pelo fato de eu trabalhar com tecnologia da informação (TI) volta e meia aparece um amigo ou familiar e pede para eu formatar o PC e fazer uma nova instalação do windows.

O grande problema é que geralmente as pessoas não sabem a chave de acesso (serial key) do windows ou então não é mais exibido em baixo do notebook (já estragou), ou em outros casos não aparece mesmo (notebooks da Dell).

Por esse motivo eu sempre precisava encontrar outra forma de descobrir o serial key, até encontrar a solução perfeita (100% de acerto nas vezes que precisei).

Continue lendo “Descobrir a chave de acesso do windows”

Configurando Amazon S3 – Simple Storage Service

Um dos gargalos dos sistemas web são as mídias do site, pois elas consomem recursos preciosos do servidor para ler o arquivo (imagem, vídeo, etc) e devolver ao navegador.

Para resolver esse problema foi criado o conceito de Content Delivery Network (CDN) e um dos maiores CDNs hoje é o CloudFront da Amazon.

Irei descrever o passo a passo para a utilização do CloudFront, começando pela criação do bucket no Amazon Simple Storage Service (S3).

Continue lendo “Configurando Amazon S3 – Simple Storage Service”

Installing Webpack in an existing Ruby On Rails application

After a few hours searching / reading blogs to make the Ruby On Rails project work integrated with the Webpack I decided to document the process.
First at all my project was generated at version 5.0.0, now is using ROR 5.1.4 (last stable) and Ruby 2.5.0.
What I’ll show in this post?

Continue lendo “Installing Webpack in an existing Ruby On Rails application”