A arte da escalabilidade

Há muitas luas atrás quando comecei a ir atrás de literaturas para aumentar a escalabilidade do meu software eu encontrei algumas citações ao livro The Art of Scalability: Scalable Web Architecture, Processes, and Organizations for the Modern Enterprise (ISBN-10: 0134032802, ISBN-13: 978-0134032801).

Comprei ele recentemente e estou lendo por pelo menos meia hora por dia.
Estou gostando muito desse livro, pois ele não se concentra apenas no quesito de escablabilidade de hardware/software mas em toda empresa.
No início do primeiro capítulo os autores escreveram as seguintes frases:

“As pessoas projetam, codificam e configuram os sistemas que executam nossos produtos e são os únicos responsáveis por quaisquer defeitos de design, código ou configuração. Somente as pessoas são responsáveis pelas arquiteturas de produtos que processam com sucesso volumes inacreditáveis de transação ou falham miseravelmente.”

“As pessoas não são simplesmente importantes para a escalabilidade, elas são a peça mais importante se você espera escalar um produto.”

Há pouco tempo atrás passei por um trecho do livro que falava o seguinte:

“Melhore sua proficiência em escalabilidade Crie uma lista de suas fraquezas em tecnologia – coisas sobre as quais você tem dúvidas – e obtenha ajuda para se tornar mais inteligente.”

O engraçado foi que a pouco tempo atrás eu fiz uma entrevista para trabalhar em uma empresa de Florianópolis e para a minha surpresa a empresa deu um feedback de algumas habilidades que eu precisava melhorar.

Nossa, ter esse feedback da entrevista foi a melhor coisa, pois além de eu passar na prova técnica a empresa a identificou e citou alguns pontos que necessito de melhorar.

Um dos pontos mencionados pela empresa foi melhorar o Design Patterns, por esse motivo resolvi começar a estudar e já aproveitei para ir documentando os estudos.

A partir de hoje vou começar uma série no blog para falar sobre design patterns, para começar estou falando sobre Design Patterns: Singleton

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *